um blog que discute o Rio e o Brasil


Seja bem vindo! Deixe um Comentário.


segunda-feira, 27 de junho de 2011

O Brasil e a América Latina

Do Blog do Zé Dirceu
A Folha de São Paulo desse domingo trata do "consenso de Brasília". O jornal defende que, embora o sucesso econômico obtido pelo país seja modelo para vários países do continente, empresas brasileiras estariam enfrentando a desconfiança em países da América Latina. A reportagem ouviu suas fontes sobre as relações latino-americanas, as quais defenderam a tese de que estaria se formando um suposto sentimento antibrasileiro na América do Sul, em decorrência da expansão da influência do país no continente.

Na interpretação do jornal, os países sul-americanos temeriam que tenhamos uma atuação similar à de potências coloniais como os Estados Unidos e a Espanha no passado. Suas fontes consideram que o investimento de nossas estatais em países vizinhos e o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) representariam uma temível "política de Estado".

Quanto a esta suposta política de Estado, não vejo o que temer. Basta recordar a questão do petróleo com a Bolívia. Em sua relação com os países vizinhos, o Brasil leva em conta a necessidade de integração - e não apenas a de investir ou exportar serviços. Considero correta a posição do governo que defende que temos de apoiar o desenvolvimento desses países. Daí a importância não somente do BNDES, mas, também, do Banco do Sul e do nosso futuro Eximbank. Também é fundamental a transferência de tecnologia para nossos parceiros latino-americanos e a exportação de capitais – e não apenas de mercadorias e serviços.
Veja mais em

Veja também

Seminário Internacional “Governos de esquerda e progressistas na América Latina e no Caribe: balanço e perspectivas”.
O seminário é uma iniciativa da Fundação Perseu Abramo (PT) e da Fundação Maurício Grabois (PCdoB), a partir desta quinta-feira (30/06) na UFRJ (campus Fundão) e contará com a presença de professores como Theotôno dos Santos e Luis Fernandes, da ministra Miriam Belchior, além de representantes de governo de Cuba, Uruguai, Chile, Peru, Nicarágua, Argentina e Equador.
A inscrição é gratuita e pode ser feita no http://www.governosdeesquerda.org.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário