um blog que discute o Rio e o Brasil


Seja bem vindo! Deixe um Comentário.


quinta-feira, 14 de julho de 2011

Lula no Congresso da UNE: "A presidenta Dilma vai fazer mais e melhor do que nós fizemos"

Ao discursar nesta quinta-feira no 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Goiânia (GO), o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reclamou de veículos de imprensa que fizeram comparações entre o seu governo e o de Dilma Rousseff (PT). Lula também defendeu sua sucessora e disse que ela fará um governo melhor do que o dele.
"A presidenta Dilma vai fazer mais e melhor do que nós fizemos", disse para a plateia de cerca de 2 mil estudantes que lotaram o auditório do Centro de Convenções de Goiânia para o 2º Encontro Nacional dos Estudantes do Programa Universidade para Todos (Prouni). Lula citou futuras ações da presidente, como programa de qualificação profissional, creches e outros. "Ela vai inaugurar, até o final do mandato dela, deste primeiro mandato, obviamente, mais 200 escolas técnicas", afirmou, indicando que Dilma pode tentar a reeleição.
Ao defender a UNE de acusações da imprensa de ter organizado um congresso "chapa branca" ao ser patrocinado por órgãos do governo federal como a Petrobras e cinco ministérios, Lula aproveitou para desabafar contra a imprensa. "Você liga a televisão e tem propaganda de quem?", questionou. "Para eles é democrático, para vocês é chapa-branca", afirmou.
O ex-presidente ironizou também o termo "herança maldita", que tem sido usado para definir a situação que ele deixou para Dilma. "A herança maldita é o pré-sal, certamente, é o Prouni. Quem sabe é o PAC 2 ou o Minha Casa Minha Vida 2?", citou. Lula disse que não se preocupa com as críticas porque a população está se informando de muitas formas. "Eles (imprensa) não percebem que as coisas estão mudando neste País", disse.
O ex-presidente também falou sobre a suposta tentativa dos jornais de mostrarem uma "divergência profunda" entre ele e Dilma. Lula defendeu a presidente e insinuou que ele não interfere no governo da sucessora. "Só diz que ela é fraca quem não conhece a personalidade dela", disse. "Ninguém que passa três anos e meio na cadeia, barbaramente torturada, e é eleita presidente da República. Essa é a maior vingança contra quem a torturou", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário